HOMEM DA SERRA

25/06/2014 21:56


                                                                                               

    Homem da Serra

 


Cavalgando veloz descendo a serra o jovem João.


Para encontrar seu filho esperando em casa com seu alazão.


O menino se alegra ao ver o pai que acaba de chegar.


Pois sabe que juntos o gado irão apartar.


Prepara o cavalo para junto com o filho sair.


O garoto vislumbra o herói que em sua mente sempre ira existir.


Pai e filho cruzando as campinas a cavalo, desfrutando da vida este regalo!


 


Homem da serra, homem da serra.


Cavalga feliz sem saber o que te espera!


 


 


Numa manhã junto à boiada em uma verde campina.


O homem da serra olhou para o filho pela ultima vez na vida.


Acontecendo o que nunca se espera, estourou a boiada do homem da serra.


Apertando filho comforte abraço disse:Pego esses bois um a um no laço!


Montando em seu cavalo saiu em disparada


Mas uma pedra no caminho cessou sua jornada!


 


Naquele  momento o homem caiu!


Um frio na espinha o menino sentiu!


Vendo o pai no chão estendido!


O menino chorou com o coração partido!


Para a cidade ele  mudou.


Levando outra vida nunca mais cavalgou!


Até hoje sonha com o pai galopando descendo a serra!


 


Homem da serra, homem da serra.


Cavalga feliz que o céu te espera!


(Homenagem ao meu avôJoão Dutra da Silva)


MARCOS  CESAR DUTRA


Livro "Insurgência Poética"


 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!